Capadocia

 

Capadócia quer dizer: "Terra dos belos cavalos", e é uma região que já foi habitada há milhares de anos por várias civilizações, como os Hititas e outros povos originários da Europa e Ásia Menor, e abrange as cidades de Göreme, Ürgüp, Nevsehir e Avanos. Ficou conhecida com Alexandre, o Grande, embora só houvesse interesse na região pelas suas estradas, por onde fluía o comércio. Desta época data a fundação de Göreme (pronuncia-se Goremê) , antiga Korama, Patrimônio Mundial da UNESCO e atualmente a cidade mais importante da região. Veja o vídeo Planícies lunares elevam-se formações rochosas, de vários tamanhos, que se assemelham à cogumelos, são conhecidas como "chaminés-de-fada", fonte de inspiração para muitos, inclusive para o desenho "Os Smurfs". As características geológicas deram origem a paisagens que são descritas como lunares. A paisagem da Capadócia foi esculpida por séculos de erupção e são suficientemente macias para permitir que os humanos escavassem e construíssem, casas, condomínios e igrejas.

E hoje em dia charmosos e românticos hotéis! A situação geográfica da Capadócia, a tornou encruzilhada de rotas comerciais importantes ao longo dos séculos e alvo de contínuas invasões. Para se refugiarem durante as invasões, os habitantes construíram refúgios subterrâneos, por vezes verdadeiras cidades, supondo-se que as mais antigas remontam ao tempo dos Hititas, há mais de 3000 anos, e que muitas ainda estarão por descobrir. Algumas podem ser visitadas, como é o caso das de Derinkuyu, Kaymakli, Özkonak e Mazi. Estas cidades tem vários níveis — a de Kaymakli, por exemplo, tem nove, como um formigueiro, embora apenas quatro estejam abertos ao público, (outras reservadas para investigação arqueológica) — e dispõem de canais de ventilação, estábulos, padarias, poços de água e tudo o mais necessário para que os seus ocupantes, que podia chegar à 20. 000, pudessem resistir durante vários meses sem que fossem detectados pelos invasores, quando aldeias inteiras tinham que se esconder fugindo de inimigos. Datam do séc. VII, mas alguns arqueólogos crêem que elas remontem a mais de 4.000 a.C., ainda da época dos hititas.

 

 

 

 

Baloes na Capadocia